Sobre o projeto

O Projeto Casa de Cultura de Três Arroios prevê a restauração das estruturas da Casa Paroquial, localizada ao lado da Igreja Católica no município de Três Arroios-RS e a transformação do mesmo em uma Casa de Cultura. É um imóvel em estilo barroco clássico, construído em outubro de 1944, que faz parte da constituição do município. O local pretende destinar espaços como auditório, salas de exposições, salas multiuso, palco, sala para museu, cozinha para oficinas, entre outras estruturas que permitam o acesso de toda a comunidade, inclusive portadores de necessidades especiais, servindo de local para agregar, promover e difundir as manifestações artísticas e culturais do município de Três Arroios.

O projeto é apresentado pela Prefeitura Municipal, através da sua Secretaria de Cultura. O município está localizado na Região Norte do Rio Grande do Sul e conta hoje com 2.855 habitantes, sendo destes 1.828 residentes no meio rural e 1.027 no meio urbano que almejam por esta obra, já que o prédio é hoje referência histórica para o município e estará disponibilizando espaços que possam atender não somente a comunidade local como também das cidades vizinhas, favorecendo o desenvolvimento cultural e social de toda a região. Este projeto prevê apenas o restauro da obra, sendo que será feito um novo projeto para a aquisição de mobiliário, equipamentos e estruturação física dos espaços.

 Justificativa do projeto

Em relação ao desenvolvimento cultural do estado

O prédio da Casa Paroquial tem grande importância histórica para a comunidade de Três Arroios, por fazer parte da constituição do município e por apresentar uma arquitetura diferenciada, de grande beleza e de grande riqueza cultural: o estilo barroco clássico. Preservar este tipo de obra é também preservar a história e memória do nosso Estado, sendo este um dos motivos para justificar o presente projeto.

A reforma deste imóvel, transformando-o em Casa de Cultura, estará oportunizando à comunidade um espaço adequado para o desenvolvimento de ações, projetos e atividades culturais, artísticas e consequentemente educacionais, não só para a população do município, mas para as cidades vizinhas.

Além disso estará contribuindo para a descentralização da cultura, por oportunizar que uma região distante da capital tenha um espaço propício para a promoção de manifestações culturais, uma vez que é grande a ausência de estruturas adequadas como teatros, salas, museus e auditórios para o desenvolvimento deste tipo de prática em cidades do interior.

A destinação do prédio para restauro e uso do mesmo como Casa de Cultura estará provendo o município e a região de um instrumento de resgate, preservação e difusão de hábitos, costumes, tradições, história e cultura, auxiliando na democratização do acesso à cultura, na formação de cidadãos evoluídos culturalmente e certamente mais comprometidos com as questões sociais e com o desenvolvimento.

Quanto à importância para a sociedade

Três Arroios é um município com 2.855 habitantes, sendo destes 1.828 residentes no meio rural e 1.027 no meio urbano. Localizado na Região do Alto Uruguai, norte do estado do Rio Grande do Sul, distante 380 Km da capital – Porto Alegre – foi emancipado em 30 de novembro de 1987 e possui uma área de 157,70Km². A origem do nome se dá ao fato da localidade ser cortada por três arroios. Napoleão, Perdido e da Sede.

Sua economia é baseada na agricultura de pequenas propriedades rurais. Sua colonização iniciou a partir de 1917 quando os primeiros imigrantes se estabeleceram na Região, hoje composta por diversas etnias, predominantemente alemã, italiana e polonesa.

Conhecida como O PRÍNCIPE DO VALE DO ALTO URUGUAI, proporciona aos visitantes opções variadas além de sua beleza. É uma ótima alternativa para quem busca melhor qualidade de vida, tranquilidade e lazer. O contato com as culturas étnicas e a hospitalidade do povo tresarroiense fazem a diferença neste município.

O município valoriza muito suas tradições, cultura, gastronomia, eventos religiosos, educação e saúde do povo. Tem investido na área da cultura e turismo como uma das alternativas para o conhecimento e desenvolvimento local e regional.

Suas moradias encantam a todos como a bela igreja católica construída parcialmente de pedra talhada. No seu interior existe uma réplica da Estátua da Pietá, esculpida em raiz de Cedro, com quatro metros, a segunda no Brasil e a terceira no mundo.

Existe hoje uma rota turística denominada – Os Caminhos da Pietá – , que vem sendo incentivada devido a relevância dos aspectos que integra como o lazer, a saúde, a cultura, os sabores, o ecoturismo e a religiosidade. Paralelo a isso, inúmeras atividades são promovidas, atraindo não só a população local como também das cidades da região reforçando a vocação cultural do pequeno município.

Este projeto prevê a criação de uma Casa de Cultura, através da recuperação das estruturas da Casa Paroquial localizada ao lado da Igreja Católica, um imóvel em estilo barroco clássico, que faz parte da constituição do município, construído em outubro de 1944 que serviu inicialmente como convento dos Frades Franciscanos e após como primeira sede da Prefeitura Municipal de Três Arroios, quando este foi emancipado, por um período de 17 anos, além de ser sede do Poder Executivo e atender atividades como salas de catequese, música e reuniões.

Neste sentido, justifica-se o presente projeto em relação a importância para a sociedade, pois este imóvel faz parte da história da comunidade. Nele foram tomadas decisões importantes para o crescimento e o desenvolvimento local. Transformar um espaço, que hoje faz parte do cartão postal do município em uma Casa de Cultura, é uma forma de preservar as tradições e história do município, oferecendo a comunidade um local para a troca de conhecimentos, aprendizagem e estímulo as artes e a cultura.

Hoje, as ações culturais promovidas no município, que pode-se dizer são muitas, considerando-se o número de habitantes, acontecem com frequência em locais improvisados como escolas, capelas, salão paroquial e praça. A criação de uma Casa de Cultura é um desejo da população, tendo em vista a necessidade de organização de um espaço cultural para interagir com a comunidade local e regional, bem como para criar instrumentos que viabilizem a formação e desenvolvimento, principalmente de crianças e adolescentes do meio rural e urbano tanto do município quanto de localidades vizinhas.

O desenvolvimento de uma sociedade passa indiscutivelmente pelo investimento cultural. Neste sentido, é de extrema importância a centralização das atividades em uma edificação única, abrindo espaço para a música, a dança, artes cênicas, cinema, museu, exposições, palestras, literatura, oficinas culturais e gastronômicas, ações de preservação e resgate da cultura e tradição dos povos colonizadores do município, entre diversas outras atividades que podem ser idealizadas e promovidas.

Além disso, restaurar um imóvel que é referência histórica para o município, é uma forma de valorizar a comunidade e preservar a memória e identidade local, dando acesso a cultura a toda a população, independente de idade, etnia e condição social, realizando sonhos, oportunizando acessibilidade, despertando a criatividade e promovendo o desenvolvimento de potencialidades de artistas locais.

Razões de escolha do financiamento pelo Sistema LIC

O município de Três Arroios apresenta hoje uma arrecadação anual de aproximadamente R$ 10.000.000,00 provenientes principalmente da atividade agrícola. A maioria da sua população vive no meio rural, sendo 918 propriedades rurais que contribuem com 90,33% do total da arrecadação, seguido de 6,47% de contribuição do comércio, 1,70% indústria e 1,50% de prestação de serviços.

Como o projeto em questão envolve um valor de R$ 765.068,23, a prefeitura não disponibiliza destes recursos para tal investimento já que inúmeras são as demandas da comunidade, porém por ter grande interesse na ampliação e desenvolvimento da cultura local e por considerar de grande importância a disponibilização para a comunidade de um espaço que congregue todas as ações realizadas hoje no município pelos vários grupos existentes que dedicam-se com amor e doação a causa cultural, compromete-se a disponibilizar o valor de 10% do total do projeto para a realização da obra.

Sendo assim, a Lei de Incentivo à Cultura do Estado, através do sistema Pro-Cultura RS, por ser hoje um importante e eficiente mecanismo de promoção e produção cultural no estado foi vislumbrado como alternativa para a realização deste sonho da comunidade que é a Casa de Cultura de Três Arroios. O Sistema Pró-Cultura permite e amplia as oportunidades de captação de recursos, por ter grande credibilidade perante a sociedade, é uma forma de configurar parcerias e viabilizar patrocínios junto a empresas da região que já demonstram interesse em participar do projeto, por conhecer a grandiosidade desta ideia e pelo fato de alguns empresários da região terem suas origens na cidade querendo desta forma contribuir com a ampliação da cultura e o desenvolvimento local e regional.

Objetivos e metas do projeto

Objetivo Geral

Restaurar a Casa Paroquial de Três Arroios, um prédio histórico em estilo barroco clássico, datado de 1944, conservando suas características e transformando-o em Casa de Cultura, para disponibilizar à comunidade local e regional um espaço físico adequado ao desenvolvimento de atividades culturais, manifestações artísticas, inclusão social e resgate das tradições e costumes dos seus antepassados.

Objetivos Específicos

– Restaurar e revitalizar o prédio da Casa Paroquial, conservando suas características originais e transformando-o em Casa de Cultura;

– Promover o resgate e preservação da história e cultura do município e região, principalmente através da implantação de um museu numa das salas da Casa de Cultura;

– Realizar parcerias com entidades culturais, educacionais, sociais e de turismo para consolidar a utilização do espaço;

– Disponibilizar estrutura física adequada para o desenvolvimento de manifestações artísticas e culturais, criando um espaço único e preparado para receber apresentações artísticas, palestras, exposições, cursos e oficinas;

– Promover a valorização da cultura integrando-a ao desenvolvimento local e a melhoria da qualidade de vida de toda a população;

– Criar condições de acesso à estrutura e as programações culturais aos portadores de necessidades especiais;

– Inserir e envolver o cidadão tresarroiense do meio urbano e rural, da criança ao idoso em atividades voltadas ao desenvolvimento da criatividade, do conhecimento, do resgate de costumes e saberes, estimulando a inclusão social e educacional;

– Manter uma programação anual de eventos e ações culturais em parcerias com escolas, associações e entidades da cidade e região, para a promoção de atividades culturais;

– Contribuir para a valorização de artistas amadores e profissionais, através da oferta de um espaço propício para apresentação de seus trabalhos.

Metas

Descrição da Meta Unidade de Medida Qtd
Realizar trabalho de restauração da Casa Paroquial Trabalho de restauração 01
Criação de uma Casa de Cultura Casa de Cultura 01
Disponibilização de um auditório com capacidade para aproximadamente 104 lugares com palco Auditório com palco 01
Disponibilização de Salas de exposições Salas de Exposições 03
Disponibilização de uma sala para Museu Sala para Museu 01
Disponibilização de sala multiuso com capacidade para 12 pessoas Sala multiuso para 12 pessoas 01
Disponibilização de sala multiuso com capacidade para 20 pessoas Sala multiuso para 20 pessoas 01
Disponibilização de sala multiuso com capacidade para 28 pessoas Sala multiuso para 28 pessoas 01
Disponibilização espaço para Cozinha para oficinas e gastronomia Típica Espaço para Cozinha 01
Disponibilização de sala de degustação para uso em oficinas Sala de Degustação 01
Disponibilização de salas para depósito e almoxarifado Sala para depósito 02
Disponibilização de sala administrativas (secretaria, direção) Salas administrativas 02
Instalação de banheiros (por sexo e com acesso a cadeirantes) Banheiros 02
Instalação de Elevador Elevador 01
Criação de um jardim na área externa para convívio de todas as manifestações de arte Jardim 01


Quem pode patrocinar (P
essoa Jurídica):
– As Empresas devem ser contribuintes do ICMS-RS;
– As Empresas não podem ter aderido ao Simples Nacional;
– As Empresas devem estar em situação de regularidade junto à SEFAZ, conforme legislação própria.